BB e Caixa querem o comando da Febraban

O Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal estão trabalhando pesado para assumir o comando da Federação Brasileira dos Bancos (Febraban). Pelo estatuto da entidade, até março do ano que vem, devem haver eleições para a escolha do substituto do atual presidente, Fábio Barbosa, do Santander Real, cujo mandato, de três anos, se encerrará no dia 19 de abril - a reeleição é proibida.

Aliados de peso

O governo federal tem, em mãos, um canhão de R$ 241,7 bilhões (valores de julho) pronto para disparar na direção desejada pelo comando do Palácio do Planalto. O montante equivale ao total de ativos dos oito principais fundos de pensão ligados a estatais federais, cujos comandos estão, em boa parte, nas mãos de sindicatos simpáticos ao PT.

Receita libera consulta a superlote de R$ 2 bilhões

A Receita Federal libera nesta segunda-feira (9/11) a consulta ao maior lote de restituições de Imposto de Renda (IR) da história. Fonte de muita polêmica, o superlote de R$ 2 bilhões será distribuído entre 2,13 milhões de pessoas físicas. Mas a boa notícia para os brasileiros só foi anunciada depois das repercussões negativas da manobra do governo para empurrar parte das devoluções (R$ 3 bilhões) para 2010, como forma de compensar a forte queda na arrecadação de tributos neste ano, devido à crise mundial, e garantir o cumprimento da meta de superávit primário, agora de 1,56% do Produto Interno Bruto (PIB).

Plantão Médico

O Ministério da Previdência estima que o governo gastará neste ano R$ 12,3 bi com acidentes do trabalho - 30% de todo o rombo estimado da Previdência. Os setores com maior índice são os terceirizados da administração pública, água, esgoto, as indústrias de transformação, extrativista, eletricidade e transporte.

Drible nos aposentados

O governo entrou em campo para barrar a votação da proposta que vincula os reajustes dos aposentados e pensionistas do INSS aos mesmos índices aplicados ao salário mínimo. Preocupado com a ameaça do presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB), de que votaria a matéria esta semana mesmo sem acordo de líderes, a cúpula do Executivo se esforçou em realizar uma manobra(1) para evitar que a proposta entre na pauta este ano.

Aprovado aumento de teto do ES para o PREVI Futuro

Dentro de alguns dias estará disponível o aumento do teto de R$ 30 mil para R$ 35 mil nas contratações de Empréstimo Simples pelos associados do Plano PREVI Futuro. Além da elevação do limite financiável, o prazo para pagamento das novas operações de empréstimo simples será ampliado de 50 para 60 meses. A carência para renovação permanece em quatro prestações pagas.

Boletim Eletrônico

Inscreva-se em nosso Boletim Eletrônico para manter-se informado.

Mensagem da AFABB-DF

Associação com 17 anos (2000 - 2017) de atuação permanente na defesa e preservação dos interesses dos associados o que determina nossa razão de ser!

Sempre mais forte com sua participação,

A AFABB-DF

Contato

 
 (61)3226.9718 / Fax: (61)3323.2781
 Setor Bancário Sul - Quadra 02 Bloco A Edifício Casa de São Paulo - Salas 602/604 - Brasília/DF - CEP: 70078-900