Investigadores devem avançar sobre desvios no Funcef e Petros

Tamanho da Letra:

Após a deflagração da Operação Pausare, que apura desvios de recursos do Postalis (o fundo de pensão dos empregados dos Correios), investigadores do Ministério Público e da Polícia Federal devem avançar sobre irregularidades na Funcef (Caixa Econômica Federal) e Petros (Petrobras).

 

A informação foi publicada esta sexta-feira (02/02) pelo Blog do Vicente, do jornal Correio Braziliense. O texto afirma que os três fundos apresentam rombos expressivos nos últimos anos, depois de terem seus comandos rateados entre PT e MDB. Juntos, eles acumulam déficit superior a R$ 40 bilhões.

“A roubalheira nas fundações de previdência ligadas a empresas estatais é histórica”, diz o texto. “Por terem patrimônios bilionários, são alvos de cobiça de políticos, que se aproveitam das relações promíscuas com os governos de plantão para saquear os recursos que deveriam garantir o complemento da aposentadoria de milhares de trabalhadores”.

Nunes assinala que, “apesar de todas as denúncias, os órgãos reguladores e fiscalizadores fecharam os olhos”. “Fizeram algumas poucas ressalvas, mas nada que assustasse os esquemas criminosos agora desvendados pela Polícia Federal e pelo Ministério Público”, ressalta.

Acesse aqui a notícia: http://bit.ly/2BOIeXr

 

ASCOM AFABB-DF

Boletim Eletrônico

Inscreva-se em nosso Boletim Eletrônico para manter-se informado.

Mensagem da AFABB-DF

Associação com 17 anos (2000 - 2017) de atuação permanente na defesa e preservação dos interesses dos associados o que determina nossa razão de ser!

Sempre mais forte com sua participação,

A AFABB-DF

Contato

 
 (61)3226.9718 / Fax: (61)3323.2781
 Setor Bancário Sul - Quadra 02 Bloco A Edifício Casa de São Paulo - Salas 602/604 - Brasília/DF - CEP: 70078-900