Empresas no Brasil tentam conter despesas com saúde

Tamanho da Letra:

 O custo com planos de saúde no Brasil representa a segunda maior despesa de empresas com pessoal, aponta reportagem publicada pelo jornal Valor Econômico, na quarta-feira (31/01). Segundo o texto, que ouviu grandes companhias, o gasto fica apenas atrás de salários.

 

Elas reclamam que os reajustes têm ultrapassado duas ou três vezes o índice de inflação. A fim de conter despesas, dirigentes dessas empresas têm recorrido a várias alternativas, como aumento da coparticipação do funcionário no plano e intensificação de programas de prevenção.

 Uma companhia de grande porte, com dez mil empregados, no Brasil, cuida da saúde de aproximadamente 25 mil vidas, incluindo dependentes. Segundo o Valor Data, os preços de serviços de saúde, entre 2013 e 2017, subiram 62,35%. No período, a inflação ficou em 36,48%.

 A consultoria especializada Aon indica que a inflação médica, acumulada em cinco anos, chegou a 108%. O cálculo, afirma a reportagem do Valor Econômico, inclui consultas, exames, materiais, medicamentos, diárias hospitalares e honorários.

 

            Acesse a íntegra do texto: http://bit.ly/2E8CBZd

 

ASCOM AFABB-DF

Boletim Eletrônico

Inscreva-se em nosso Boletim Eletrônico para manter-se informado.

Mensagem da AFABB-DF

Associação com 17 anos (2000 - 2017) de atuação permanente na defesa e preservação dos interesses dos associados o que determina nossa razão de ser!

Sempre mais forte com sua participação,

A AFABB-DF

Contato

 
 (61)3226.9718 / Fax: (61)3323.2781
 Setor Bancário Sul - Quadra 02 Bloco A Edifício Casa de São Paulo - Salas 602/604 - Brasília/DF - CEP: 70078-900